Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2014

Cantinho do Avillez, Lisboa

Imagem
Sabe-se lá porquê, mas ambos os três somos pessoas com vidas muito ocupadas e preenchidas... o que levou a que o jantar de Natal do 12h30 tivesse de ser adiado para Janeiro! O local já tinha sido escolhido fazia tempo: o Cantinho do Avillez. Estivémos indecisos entre o Cantinho e o Honra (eu queria este, mas estava sozinha nesta luta, e portanto Cantinho it is!) Como escolhemos um restaurante assim deste género, o jantar teve de ser marcado para depois do dia 21... vá-se lá saber também porquê!!! :) :)
Mas calhou que não houvesse apenas um motivo para celebrar! Afinal havia outro! É verdade... posso aqui anunciar, em primeira mão, que o 12h30 sofreu um pequeno revés! Passo a explicar: os autores deste blog, para quem ainda não se deu conta, trabalhavam todos no mesmo local e almoçavam sempre à mesma hora (ou seja, 12h30, mais coisa menos coisa), e, num belo dia de Maio, surgiu então a tal ideia brilhante, mas não original, de fazer um blog com os nossos bitaites sobre os sítios onde po…

Viva Lisboa, Lisboa

Imagem
O Portugal/Lisboa Restaurant Week tem-se tornado numa óptima desculpa para experimentar novos restaurantes que, de outra forma, possivelmente não visitaria. Eu sei que esta pode ser considerada uma forma "menos real" de ir a restaurantes. Ou seja, os pratos são, normalmente, específicos do evento, não figurando na ementa regular do restaurante. E a variedade também é limitada, normalmente pode-se escolher entre duas entradas, dois pratos principais e duas sobremesas. Mas, a meu ver, o cozinheiro é o mesmo e o espaço físico também,  logo desde que eu goste da ementa, por mim tá tudo bem. E gastar cerca de 25€ (a não ser que comam tudo a seco, nunca são só 20€), num restaurante onde eu nunca sairia sem gastar mais de 30€, parece-me perfeito.
Depois de muita troca de emails e conversas, lá saiu fumo branco. Mas em vez de elegermos um Papa, elegemos um restaurante, mais concretamente o Viva Lisboa. As fotos prometiam um restaurante com bom aspeto e a ementa agradou a todos os c…

Hamburgueria do Bairro, São Sebastião

Imagem
Já várias pessoas me tinham falado das Hamburguerias do Bairro mas nunca tinha calhado até que, de forma pouco planeada, surgiu a oportunidade de experimentar os tão afamados hamburgueres.


Quis o destino que, num destes fins-de-semana cheios de sol, estivesse perto do Corte Inglés e, pior ainda, esgalgado de fome - eram três da tarde e o pequeno almoço era uma memória longínqua (e tinha sido light.... very light). Em boa hora me lembrei de ir tentar a minha sorte na Hamburgueria do Bairro, que fica ali mesmo ao pé, antes de me começar a direcionar para o meu Cheers (conhecido pelo resto do mundo como Padaria Portuguesa da Elias Garcia), onde ninguém sabe o meu nome mas eu gosto de lá ir na mesma.

Já tinha passado à porta algumas vezes e visto resmas de pessoas à espera, presumo eu de uma mesa..., facto que desanima qualquer um (a mim especialmente.... visto ter um longo historial de virar costas nas lojas e restaurantes por ter de ficar à espera). Neste caso, percebi eu posteriorment…

Honorato, Parque das Nações

Imagem
Estive quase para fazer apenas uma adenda ao post já feito sobre o Honorato mas não resisti à tentação de criar uma nova entrada no blog. E porquê? Não, não é por razões puramente estatísticas mas sim por razões sentimentais.
Estão a ouvir a balada? A música de puxar a lágrima ao canto do olho? Então é melhor irem ao médico pois estão a ouvir coisas. Aqui o termo sentimental é para ser lido de uma forma mais majestática.... simplesmente não gostei tanto deste novo Honorato como gostei do da Avenida Liberdade. É este o sentimento de que vos queria falar.

Não gosto por aí além da decoração (o painel pseudo beachiano realmente não me enche as medidas) e a mousse ficou aquém da que comi da última vez. Nevertheless os hamburgueres continuam bons (apesar de achar que encolheram desde a última vez que os comi....) e o atendimento continua simpático e muito prestável.
A esplanada é, muito possivelmente, a mais valia deste Honorato. Grande e cheia de mesas podendo vir a ser um óptimo local pa…

Strudel, Av. Novas

Imagem
E dando largas ao alcoviteiro que existe em mim (e em vocês também, não pensem...), vamos lá falar do vizinho. O tal que fica a dois passos da Fábrica dos Sabores ou, se quisermos ser mais preciosistas, ao virar da esquina.

 O Strudel tem um aspeto muito aprumadinho, com muito pinho e muito branco, sem, no entanto, nada que o faça sobressair por aí além (para o bem e para o mal). Se tivesse mesmo que apontar algo ligeiramente distintivo, seriam as cadeiras enormes (e pesadas) e os candeeiros/lâmpadas. Mas se as lâmpadas até são engraçadas e úteis, já as cadeiras ocupam muito espaço e, quando está muita gente, dificultam a movimentação (mas que são estáveis e dão bom apoio às costas, especialmente a quem é alto, sem sombra de dúvida que dão). Apesar de perceber que quanto mais lugares, mais clientes podem ter (e o mar não está para peixes), acho que exageraram ou no tamanho dos mobiliário ou no número de mesas, tornando o espaço entre mesas um pouco escasso (à hora de almoço não deve …

Fratelli, Lumiar

Imagem
Quando comecei a escrever o post tinha ido uma vez ao Fratelli entretanto já fui, pelo menos, três vezes. Esta poderá ser uma boa indicação sobre a minha opinião relativamente ao restaurante. 
É público, e largamente divulgado neste blog, que sou fã incondicional de francesinhas. Na busca da francesinha perfeita já fiz vários quilómetros, sacrifícios pessoais, e ... Posto isso, como é possível haver um restaurante em Lisboa que serve francesinhas e eu não conheça? Felizmente fui alertada para a existência desta casa com tanto potencial.
O Fratelli fica perto do trabalho, numa rua onde passo todos os dias a caminho de casa, mas como está um pouco escondido, nunca tido conhecimento que existe um restaurante que faz as francesinhas do Capa Negra (gosto mais da francesinha da Cufra mas uma francesinha à moda do Porto é sempre uma mais valia).






É necessário referir que o restaurante tem outro tipo de pratos principais mas não tive curiosidade em experimentar. As francesinhas vêm em duas mo…

Fabrica dos Sabores, Lisboa

Imagem
O Sebastião deu o mote no post do Honorato, quando falou sobre as modas... A última moda é realmentea das hamburguerias mas a das padarias ainda se mantém acesa.
No passado dezembro abriram duas novas padarias a uma distância de 20 metros ?!? Isto já para não falar que existe uma Padaria Portuguesa mesmo ali ao virar da esquina e que o Choupana fica do outro lado da rua. Estou a referir-me à Fabrica dos Sabores (à qual este post é dedicado) e o Strudel que ficará para uma próxima oportunidade.
A Fabrica dos Sabores é perto de casa e, para variar um pouco da Padaria Portuguesa (onde sou sempre bem acolhida e onde vou com tanta frequência que já sabem como gosto do café), já lá fui umas quantas vezes, normalmente à tarde. No entanto, também já experimentei ao almoço. 
Tudo o que provei era muito bom. Os bolos, sobremesas (como a que está na foto, uma mousse de chocolate, mesmo de chocolate, com creme de bolacha por cima... divinal!), e o pão é muito bom.
Ao almoço experimentei a tosta de…