Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2010

Zé Varunca, Lisboa

Imagem
Nem que fosse só pelo nome, este restaurante merecia uma visita. Mas não foi por ele que o visitámos, foi mesmo pela comida que, num dia frio e chuvoso, decidimos pôr os pneus a caminho e ir experimentar este restaurante alentejano em pleno coração lisboeta - Rua das Pretas/Rua de S.José.
Qual lança alentejana em Lisboa, assim que se entra no restaurante percebe-se que este se distancia dos restantes que povoam as ruas paralelas à Av. da Liberdade, quer pela comida, simpatia de atendimento ou ambiente castiço (não confundir com aspecto tasca ou de snack-bar).
Não se deixem enganar pela fotografia, a sala é pequena  por isso grupos grandes (mais de três já é uma multidão) devem precaver-se e tentar reservar. Acreditem que com gente nas cadeiras o espaço entre as mesas a modos que se evapora.
Assim que nos sentamos, somos presenteados com uma ementa bem recheada (cada dia da semana tem 4 a 5 pratos diferentes), sendo a sua maioria pratos tipicamente alentejanos. Depois de escolhermos o qu…

Casanostra

Imagem
Aleluia, Aleluia... 
Finalmente fui ao original, ao primeiro restaurante do grupo Casanostra. Como adoro os restantes restaurantes tive sempre muita curiosidade de visitar o restaurante mãe, o inicio, o verbo. 
Já vos trouxemos anteriormente os outros dois restaurante o Casanova e a Casad'oro, locais espectaculares para comer uma boa pizza, num ambiente descontraído, que convida a uma boa conversa. Só faltava mesmo o Casanostra.
A razão principal para nunca ter ido ao Casanostra era, vamos admitir, o preço. Nos nossos sites de referência aparece como sendo um restaurante onde se paga cerca de 30 euros pp (lifecooler e a lista de restaurantes da TimeOut), e até o próprio restaurante diz que o preço médio é de 25 euros. Ora um italiano por este preço é um pouco puxado, mesmo com a promessa de que é muito bom. É que italianos há muitos (como os chapéus).
Mas num destes dias, os astros alinharam-se (fome, bairro alto e falta de ideias) e experimentamos o Casanostra. Correndo o risco de s…

Alcaxete, Alcochete

Imagem
Em tom de comemoração antecipada do Dia dos Namorados (sim, porque o Dia dos Namorados é como o Natal....quando o Homem quiser ou então...quando a irmã leva o nosso filho a passar a noite de sexta na casa dela!) resolvemos experimentar o Alcaxete, restaurante já várias vezes recomendado pela imensidão de colegas que moram em Alcochete e arredores.

O Alcaxete está situado na marginal de Alcochete, num antigo lagar de azeite, todo remodelado e que manteve peças alusivas à utilização. A sala tem uma decoração clássica, muito bem conseguida, e que resultou num espaço amplo e onde é agradável estar.

A ementa é composta de variedades de peixe e carne, a atirar para o tradicional. Nós optámos por duas sugestões do dia: filetes de linguado e ovas de peixe-espada, ambos acompanhados de arroz de tomate. Uma escolha que correu muito bem; tudo com sabor e aspecto muito bons. Para a sobremesa existem uma quantidade de opções muito razoáveis, tais como, bolo de chocolate, tarte de pêra, doce da cas…

Empório do Chá

Imagem
Sem fazer a mais pequena ideia para onde estava a ser levado, foi com agradável surpresa que fui apresentado a esta pequena mas muito engraçada casa e loja de chá - Empório do Chá. Nada como ter amigos que, para além de nos aturarem as conversas, gostam de proporcionar material para a escrita de posts no blog :-) Muchas gracias my friend A.A.
Se existe sítio em Lisboa onde uma casa de chá faz todo o sentido será, sem dúvida, na Praça de Londres. O Empório do Chá fica num recanto da Avenida de Paris, mesmo antes desta desembocar na Praça de Londres. Povoado por uma clientela heterogénea, desde senhoras de outros tempos, com os seus casacos de pele e penteados "cabeção", até pessoas mais deste século, com portáteis abertos para mostrar apresentações powerpoint :-)
O espaço é pequeno (é preciso sorte para encontrar uma mesa vazia) mas muito simpático e acolhedor. Quem entra depara-se com as mais de 100 latas dispostas em estantes que contem chá de variadíssimos países do mundo, …

Vertigo Café, Lisboa

Imagem
O Vertigo Café fica situado nessa mui nobre e cosmopolita parte da cidade de Lisboa chamada Chiado, zona pródiga em cafés quase restaurantes ou restaurantes quase cafés, casas de chá ou something in between. Naturalmente que digo isto sem ponta de sarcasmo (pronto, pronto com uma farpazinha de sarcasmo), pois o que precisamos nesta nossa cidade à beira de água plantada é variedade. O Vertigo Café  não é propriamente um restaurante, embora sirvam refeições ligeiras e outros materiais como tostas, sandes e afins (infelizmente deixam acabar o pão às 18h ..... tststs not cool, dude!). 


Mas apesar da falta de pão :-), Vertigo Café é um local muito acolhedor e confortável onde apetece estar horas esquecidas na conversa ou simplesmente a folhear uma revista ou livro. Ou ainda, sentar numa mesa junto às janelas a ver passar navios..... sendo uma zona com tendências alternativas, os navios, fragatas e botes que por ali passam captam a atenção e quando damos por isso já se passaram longos minu…